NATO, a IBM se unem em nuvem, projeto de colaboração

A Organização Tratado do Atlântico Norte (NATO) e IBM estão se unindo em um projeto que visa melhorar a partilha de dados entre 28 países membros do grupo.

Sob o acordo, a IBM ea NATO terá como objectivo melhorar a eficiência do centro de dados, bem como a partilha de informação. A parceria terá também como objectivo criar um modelo de computação em nuvem que poderia ser utilizado para outras operações militares.

O esforço será desenvolvido pela IBM na sede da transformação Comandante Supremo Aliado (HQ SACT) em Norfolk, Virginia.

De acordo com o plano atual, um projeto de computação em nuvem no local vai se articular em conjunto vários esforços de comando, controlo, vigilância, inteligência e reconhecimento. O objetivo é reduzir o tempo que leva para a implantação de novas tecnologias. NATO tem vindo a tentar tornar-se mais ágil e ágil.

Especificamente, a IBM irá desenvolver um esforço de computação para colmatar processos de missão de forma segura. Se o esforço NATO da IBM é bem sucedida, a certeza Big Blue vai tomar projetos semelhantes para os países membros.

Cloud computing cresce, uma API de cada vez

SUSE doce! senões HPE-se uma distro Linux

Twilio lança novo plano empresarial prometendo mais agilidade

Intel, Ericsson ampliar parceria para se concentrar em indústria de mídia

Nuvem; Cloud computing cresce, uma API de cada vez; software empresarial; SUSE doce! senões HPE-se uma distro Linux; Nuvem; Twilio lança novo plano empresarial prometendo mais agilidade; nuvem; Intel, Ericsson ampliar parceria para se concentrar em indústria de mídia